Dicas para escrever bem e ser compreendido

Dicas para escrever bem e ser compreendido

A CAASP, por meio do Clube de Serviços, firmou parceria com a Reescrita – Artes do Texto. Com isso a entidade oferece desconto para os advogados que desejem fazer o curso “Artes do Bem Escrever”. Desenvolvido no modelo de Educação a Distância, o curso apresenta 23 aulas em vídeo ministradas pelo premiado jornalista e professor da Escola de Comunicações e Artes da USP Manuel Carlos Chaparro, que demonstra que as técnicas de redação jornalísticas podem ser aplicadas em outros usos profissionais da linguagem escrita, como a advocacia.

“Interlocução é a palavra chave deste curso”, diz o professor. “Ao longo das aulas, viajaremos numa estratégia pedagógica que nos mostrará como usar com sucesso a linguagem escrita em ações interlocutórias – ações das quais os destinatários são partícipes interessados”. Chaparro observa que “se não conseguirmos transformar em interlocutores os leitores para quem escrevemos, os nossos textos nos conduzirão ao fracasso, não ao sucesso”.

Nessa estratégia pedagógica, intercalando demonstrações e conceitos de redação, o curso ensinará formas de lidar com virtudes da linguagem, entre elas a clareza, a precisão, a concisão e a ativação de interesses e expectativas no “outro”.

“O curso não é propriamente para iniciantes, mas para pessoas capazes de entender a complexidade que existe no processo de interlocução. Não é só um curso de escrita”, descreve Chaparro, e vai além: “Por que devo começar um texto pela informação mais importante? Não basta a explicação técnica, é preciso trabalhar com o foco de atenção, com os conceitos de perspectiva, de expectativa e de interesse”.

“O espírito desse convênio é proporcionar ao advogado um curso que melhore seu exercício profissional a partir do aprimoramento da sua escrita. Hoje, com o processo digital, escrever com clareza é imprescindível para o advogado”, afirma Rodrigo Lyra, secretário-geral da CAASP.

Segundo José Schiavoni, diretor da S2 Publicom, empresa responsável pelas ações de marketing referentes ao curso, “Artes do Bem Escrever” pode ser feito tanto em desktops quanto em tablets ou smartphones, e fica disponível para o aluno por cinco meses. “Dentro desse tempo, ele pode assistir as aulas, voltar, assistir de novo. Além disso, o curso é todo disponibilizado em PDF, e tem exercícios ao final de cada aula para que o aluno se autoavalie”, explica.

Acesse

O curso encontra-se disponível em www.artesdobemescrever.com.br, além de ter informações compartilhadas no Facebook, no Twitter e no LinkedIn. Para se inscrever, o advogado deve obter sua senha especial no site da CAASP (www.caasp.org.br). Depois, no site do curso, deve preencher os dados individuais solicitados após clique no botão “Inscreva-se”, e informando a senha fornecida pela CAASP no campo “Você possui algum cupom de desconto?”.

“Artes de Bem Escrever” é composto de 23 aulas. Os advogados têm desconto de 15% – o preço cai de R$ 200,00 para R$ 170,00. O pagamento é feito por cartão de crédito pelo sistema PayPal.

Parceria com a Caixa Econômica Federal

A CAASP ampliou a parceria que mantém desde o ano passado com a Caixa Econômica Federal. Além dos procedimentos para obtenção de financiamento habitacional de modo mais ágil, os advogados agora podem realizar toda a tramitação para abertura de consórcios imobiliário e de automóvel junto ao banco estatal no posto de serviço instalado na sede da entidade assistencial.

O Posto CAASP da Caixa Econômica Federal funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, no segundo andar do prédio-sede da Caixa de Assistência (Rua Benjamin Constant, 75, Centro, São Paulo), onde se encontram também os Postos de Orientação Fiscal, Orientação Previdenciária, da Junta Comercial do Estado de São Paulo e de Visto Americano.

Revista Visão Jurídica – Ed. 121

Dicas-para-escrever-bem-e-ser-compreendido